Cirurgia Robótica

A cada dia o acesso à cirurgia robótica está popularizando-se no Brasil, a medida que mais médicos são capacitados e mais equipamentos são adquiridos.

 

O sistema cirúrgico Da Vinci revolucionou os procedimentos minimamente invasivos. Apesar de todos estes avanços, o sistema cirúrgico Da Vinci depende totalmente do comando do cirurgião. O médico alia técnica, conhecimento, experiência e alta tecnologia para oferecer excelentes resultados.

 

O robô pesa cerca de 600kg, com 1,75m de altura, e 1,27m de largura, sendo composto por 4 partes:

 

O Console do cirurgião é composto por um, um assento e controles manuais. É o local onde o cirurgião principal ficará durante todo o procedimento. Ele ficará sentado em posição ergonômica, enxergando, enxergando imagens em 3D em alta definição de dentro do corpo do paciente. Com as mãos , ele manipula os controle sob o display e seus movimentos dia dedos e pulso serão reproduzidos em tempo real pelos instrumentos do robô.

 

O Carro do paciente conta com seus quatro braços articulados, que se movem em torno de postos de articulações fixos. É esse o local onde o paciente será posicionado durante a cirurgia.

 

As Pinças Robóticas são modeladas são moderas a partir do pulso humano, oferencendo uma movimentação mais ampla do que a mão humana é capaz. Acopladas nos braços do robô, oferecem tempo e sensibilidade de respostas excelentes, permitindo a realização de suturas, dissecções, e manipulação de tecidos de maneira rápida e precisa.

 

O sistema Da Vinci permite ao restante da equipe acompanhar o procedimento por monitores, para que o médico assistente que fica ao lado do paciente, possa interagir adequadamente com o cirurgião do Console.

 

Todo esse complexo conjunto de interação entre o equipamento e habilidade técnica cirúrgica, permitem ao paciente a busca pelo êxito em seu tratamento de maneira segura e efetiva.

  

thumbnail_IMG_0607.jpg
IMG_0553.jpg
IMG_0578.jpg