Coronavírus - Mensagem de alento ao Terráqueos

O planeta Terra convive com estes seres microscópicos chamados de vírus, e suas pandemias virais, desde que a humanidade existe

Vírus não são considerados seres vivos. Eles obrigatoriamente necessitam da célula de um ser vivo (ser humano ou animal) para parasitar e se reproduzir. Possuem uma estrutura muito simples e rudimentar, um envelope que o reveste constituído de gordura, uma presa fácil quando exposto a qualquer tipo de sabão!!

Nós moradores deste planeta já passamos pela Gripe Espanhola, causada pelo vírus Influenza, no início de 1918, no estado norte-americano do Kansas, um dos prováveis epicentros do surto, a qual foi considerada a mais mortal pandemia que a humanidade já presenciou. Infectou 500 milhões de pessoas, na época 1/4 da população, e estimativa de 50 a 100 milhões de mortos. Resultou em aproximadamente 300.00 mortes no Brasil, incluindo o presidente Rodrigues Alves. No final de 1918, tão rápido quanto surgiu, a epidemia desapareceu. A vida aos poucos voltou ao normal. E, no carnaval de 1919, a Gripe Espanhola foi o grande tema nos bailes e blocos do Rio de Janeiro

Vale mencionar um adendo, e introduzir a famigerada epidemia da Peste Negra, causada por um outro microorganismo, não um vírus, mas uma simples bactéria constituída por uma única célula, conhecida por Yersinia pestis, responsável pela peste bubônica, transmitida pelo contato de pulgas infectadas (geralmente por ratos), cujo tratamento atualmente é feito com antibióticos corriqueiros, como a estreptomicina, gentamicina ou doxiciclina; o primeiro registro ocorreu em 1346, na região da atual Rússia, entre os rios Don e Volga, e depois atingiu toda a Europa. Cerca de 50 milhoões de europeus teriam morrido entre 1346 e 1353, o auge, pelo menos um terço da população européia. A estimativa, entre os séculos XIV a XIX, é que tenha ceifado a vida de 75 a 200 milhões de habitantes de toda a Eurasia.

Em 2009 fomos apresentados a outro vírus influenza, H1N1, a gripe Suína, que naquele ano acometeu 700 milhões a 1,4 bilhões de humanos; provocando a morte de 151 mil a 500mil pessoas.
Só no Brasil foram aproximadamente 2mil mortes em 2009.
Esta pandemia foi controlada em 2009, mas ainda continua a nos contaminar e matar. Somente nos últimos 3 anos, matou no Brasil aproximadamente 800 pessoas por ano, e até hoje, em 2020, continua ocupando leitos de UTI com evolução ao óbito, mesmo após o desenvolvimento da vacina em 2010!

Outros exemplos:
Em 2002, iniciou a epidemia de SARS, concentrada na China e Hong Kong, também causada por um coronavírus

Em 2012 a epidemia de MERS, também provocada por um coronavírus, iniciada na Arábia Saudita

Segundo a OMS, até 650 mil pessoas morrem anualmente por doenças relacionadas a gripe, no mundo inteiro, e sempre será assim!

Com o novo coronavírus não será diferente. A epidemia irá passar, deixará um rastro de morte e tristeza, mas irá passar; e talvez continuará nos perseguindo, mesmo após a descoberta de sua vacina. Infelizmente, sempre foi assim, e continuará sendo assim. Isso faz parte de pertencer a humanidade. A mensagem é: tenham calma.

LOGO.png
© Copyrights 2019 - Marchese Urologia All rights reserved.
Av. Nóbrega, 116
CEP 87014-180
Maringá | PR
44 3122-0010 | 3030-1267
 44 99904-3094